Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

Novembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
1
3
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
27
28
29
30
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > Estudo e Conservação > Censos > Atlas Nidificantes
imprimir

Atlas Nidificantes
III Atlas das Aves Nidificantes de Portugal

A SPEA, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, o Laboratório de Ornitologia da Universidade de Évora, o Serviço do Parque Natural da Madeira e várias outras organizações que se juntarão ao projeto, iniciaram a 15 de março de 2015 os trabalhos de campo do III Atlas das Aves Nidificantes de Portugal (AAN). Este novo projeto surge da necessidade de, dez anos depois do anterior atlas das aves nidicantes, fazer-se um novo levantamento completo da distribuição e abundância das aves reprodutoras em todo o território nacional . O projeto irá também contribuir para o 2.º Atlas Europeu das Aves Nidificantes, para a atualização da Lista Vermelha das Aves de Portugal e para o relatório nacional da Diretiva Aves. 

A tarefa é grande e difícil, mas os ornitólogos portugueses têm dado provas de conseguir o que muitos consideram impossível. Um projeto desta envergadura necessita da participação de todos os observadores de aves, profissionais e amadores, nomeadamente nas visitas sistemáticas às quadrículas, e todos estão convidados a participar!  



NOVIDADE | Folha informativa 2/2017 do Atlas já disponível
Na segunda época do Atlas participaram cerca de 130 observadores de aves. A maioria realizou visitas sistemáticas em 158 quadrículas, de um total de 308 visitadas em 2015 e 2016 (31% das quadrículas do território nacional). Saiba mais na segunda Folha Informativa do Atlas (descarregue aqui):
- Primeiros resultados da época de campo 2016
- Sorteios de prémios entre os melhores colaboradores do Atlas
- Época de campo 2017

A terceira época de campo, para a realização de visitas sistemáticas, começa a 15 de março. No entanto, a época reprodutora já começou para muitas espécies e é importante não esquecer: todas as observações carregadas no PortugalAves/eBird contam, desde que tenham código de nidificação. Essa indicação é fundamental para utilizarmos esses registos.
Votos de boas observações!  


Folha informativa 1 com muitas novidades para 2016
A primeira folha informativa do III AAN já está disponível (carregue aqui). Além de um breve resumo sobre a época 2015, destacamos algumas novidades e incentivos para colaborar na época de 2016:
- Ajustes metodológicos e espécies prioritárias
- Prémios "Colaborador do Atlas 2016", com o patrocínio da Opticron
- Prémios "Espécies Prioritárias 2016", no valor de 100 €

E muito importante: todas as observações carregadas no PortugalAves/eBird contam, desde que tenham código de nidificação. Votos de boas observações!


Época de campo 2016 já começou
A segunda época de campo do Atlas começou já a 15 de março 2016 na maior parte do país (no Norte e Açore só começará a 1 de abril), estando as inscrições abertas. E este ano haverá novidades: a metodologia das visitas sistemáticas continua focada na contabilização dos indivíduos de cada espécie e no registo do maior número de espécies possível e códigos de nidificação mais elevados, mas, em determinadas condições, poderão ser ajustes opcionais à metodologia. Além disso, apesar de infelizmente ainda não conseguirmos dar apoio à deslocação dos colaboradores de campo, estão a ser preparados vários incentivos. Ler notícia completa


Resultados | Primeira época de campo 2015
Já estão disponíveis os primeiros resultados da época de campo de 2015, com alguns mapas e tabelas para algumas espécies. Foram amostradas com visitas sistemáticas 150 quadrículas. Na Madeira não foram realizadas visitas sistemáticas este ano e nos Açores foram cobertas oito quadrículas. Nesta primeira fase, participaram cerca de 140 ornitólogos, onde se incluem oito elementos da comissão científica, 30 profissionais, principalmente do ICNF, mas também da SPEA e da Universidade de Évora, 18 responsáveis regionais voluntários e 80 colaboradores voluntários de campo. Deste grupo, mais de 100 ornitólogos fizeram visitas sistemáticas às quadrículas, que foram complementadas por registos pontuais carregados no portal PortugalAves/eBird. Estes dados ilustram o esforço que todos colocaram neste projeto e incentivam a continuar por mais três épocas. Ler ponto de situação completo (fev 2016)





INSCRIÇÕES
As inscrições para participar como voluntário, nomeadamente nas visitas sistemáticas às quadrículas, já estão abertas. Para participar, agradecemos que preencha o formulário em baixo ou contacte diretamente os Responsáveis Regionais (RR). Depois da pré-inscrição será contactado pelos RR ou pela coordenação geral de voluntários, para atribuição de quadrículas e envio de informação mais detalhada. Se no prazo de 1 semana não obtiver resposta, não hesite em contactar-nos novamente. 




Contactos gerais
- Coordenação do projeto:
Joaquim Teodósio | joaquim.teodosio[arroba]spea.pt | 21 322 0430

- Coordenação geral de voluntários:
Vanessa Oliveira | vanessa.oliveira[arroba]spea.pt | 21 322 0430

Nota: substituir [arroba] por @

Foto: Pisco-de-peito-ruivo | Faísca







Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com