Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

Setembro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
 
 
3
4
5
6
7
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
 
 
 
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.

Projetos

Life Volunteer Escapes
O Volunteer Escapes é um projeto LIFE pioneiro em Portugal, que pretende mobilizar voluntários para colaborarem em ações diversas de proteção da natureza, sobretudo em sítios da Rede Natura 2000. Envolve 11 parceiros nacionais e vai decorrer entre 2018 e 2020.



LuMinAves
O projeto LuMinAves (Poluição luminosa e conservação nos arquipélagos da Macaronésia: Redução dos efeitos nocivos da luz artificial nas populações de aves marinhas) junta a Madeira, Açores e Canárias e tem como objetivo aumentar o conhecimento sobre as aves marinhas e trabalhar para a sua conservação. O projeto pretende também criar uma rede de recolha de aves encandeadas, bem como minimizar o impacto da iluminação pública nas aves marinhas.



Criar bases para a conservação da biodiversidade única da ilha de São Tomé
Este projeto pretendeu envolver os mais jovens na conservação da biodiversidade dos seu país. São Tomé e Príncipe é conhecido como as Galápagos de África devido à sua biodiversidade única. Contudo, embora o arquipélago tenha taxas de endemismo elevadas, o tamanho das populações das espécies que aí habitam está limitado pela dimensão reduzida das ilhas.



LIFE Rupis
O projeto Life Rupis, que decorre em território português e espanhol, mais concretamente nas áreas protegidas do Douro Internacional e Vale do Rio Águeda e dos Arribes del Duero, pretende implementar ações que visam reforçar as populações de britango e águia-perdigueira nestas região, através da redução da sua mortalidade e do aumento do seu sucesso reprodutor. O abutre-preto e o milhafre-real são espécies que também irão beneficiar das ações do projeto.



Cidadania pela Natureza
Projeto que pretende envolver os cidadãos em ações de sensibilização, formação e voluntariado ambiental e, deste modo, contribuir para a conservação de alguns sítios e para o aumento do conhecimento sobre as espécies que aí ocorrem, nomeadamente a avifauna.


LIFE Berlengas
O LIFE Berlengas vai contribuir para a gestão sustentável da Zona de Proteção Especial (ZPE) das Berlengas, com o objetivo de conservar os seus habitats, plantas endémicas e populações de aves marinhas. Com este projeto pretende-se compreender as principais ameaças que afetam os valores naturais das Berlengas, em terra e no mar, e definir estratégias para as minimizar e erradicar.



LIFE Terras do Priolo
Pretende contribuir para a gestão do sítio da Rede Natura 2000 ZPE Pico da Vara/ Ribeira do Guilherme, através da implementação de medidas inovadoras de gestão e restauração da floresta Laurissilva, monitorização da biodiversidade, gestão do uso público, sensibilização das populações e promoção da sustentabilidade a longo prazo.


LIFE EuroSap
O projeto LIFE EuroSAP junta 10 países europeus, nos quais Portugal está incluído, e tem como objetivo unir sinergias para enfrentar os novos desafios e ameaças a que algumas das nossas aves icónicas estão sujeitas. Este projeto, que teve início em abril de 2015 e que irá ser implementado até março de 2018, conta com o envolvimento de 13 parceiros, sendo a SPEA o representante do projeto em Portugal.



Proteção de espécies ameaçadas e endémicas em Cabo Verde
Em 2013 com o suporte do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos - CEPF a SPEA associou-se a uma ONG de Cabo verde, a Biosfera I (www.biosfera1.com) e iniciou um projeto ambicioso que pretende remover espécies de predadores exóticos de Santa Luzia. Após estes trabalhos de recuperação do habitat será possível para aí translocar uma parte da população da globalmente ameaçada Calhandra do Raso e tomar medidas para recuperar as populações de aves marinhas. Este projeto é realizado em parceria com o RSPB e o apoio do Parque Natural da Madeira e Universidade de Cambridge.







Linhas Elétricas e Avifauna

Este projeto destina-se a avaliar o impacte das linhas elétricas sobre as aves selvagens, em áreas protegidas ou classificadas no Continente, em todo o arquipélago dos Açores e na ilha da Madeira.




LIFE MarPro "Conservação das espécies marinhas protegidas em Portugal Continental"

O projecto LIFE MarPro é uma parceria entre a SPEA e mais 4 parceiros, que iniciou em Janeiro de 2011 e irá decorrer até ao final de 2015. Um dos principais objectivos é reduzir os conflitos existentes entre a actividade piscatória e as aves e mamíferos marinhos. O MarPro pretende ainda garantir, a longo prazo, a viabilidade socioeconómica da gestão, fiscalização e monitorização das espécies alvo e dos seus habitats, e em simultâneo promover a exploração sustentável dos recursos piscícolas em Portugal Continental.






Aves Marinhas e Iluminação Pública

O projeto de Diagnóstico e Minimização do Impacte da Iluminação Pública nas Aves Marinhas, pioneiro em Portugal, visa minimizar os efeitos da iluminação pública em áreas costeiras da ilha da Madeira nas aves marinhas. Para atingir esta finalidade, pretendemos identificar pontos na rede de iluminação pública com incidência problemática de aves marinhas encandeadas, identificar as medidas de minimização necessárias para reduzir o número de incidentes verificados e sensibilizar a população para a importância de salvaguardar estas aves.



Fotos: Águia-de-boneli © João Neves; Paisagem © Nuno Madeira; Pardela-balear © Ricardo Guerreiro







Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com