Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

Dezembro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
 
 
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
 
 
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Notícias


Como o paraíso se pode tornar em pesadelo


Joana Bores e Pedro Geraldes, técnicos de conservação da SPEA, enviaram-nos esta história desoladora a partir de Cabo Verde

Hoje queremos falar sobre um lugar que podia ser um paraíso mas que os plásticos transformaram num pesadelo….

Esta é a praia dos achados, na Ilha de Santa Luzia, Cabo Verde. Devido às marés e às correntes marinhas, esta praia paradisíaca transformou-se numa lixeira.

Em junho deste ano, no âmbito do projecto “Desertas - gestão sustentável da reserva marinha de Santa Luzia”, coordenado pela SPEA, a Biosfera e a DNA organizaram uma limpeza desta praia. A semana passada, enquanto voltávamos para o acampamento, ficámos chocados com a quantidade de plástico que se tinha acumulado em menos de 6 meses. Decidimos andar uma hora pela praia e tentar encontrar plásticos com rótulos para saber de onde vinha todo aquele lixo. Para nossa surpresa, já havia plásticos provenientes de pelo menos 25 países diferentes…
Esta praia é uma das mais importantes para a reprodução da tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta): no ano passado esta espécie fez aqui mais de 5000 ninhos. Durante o nosso passeio, encontrámos os cadáveres ressequidos de duas crias de tartaruga-cabeçuda que não puderam chegar ao mar porque o caminho estava atulhado de plásticos. Morreram de fome, sede e calor dentro de um garrafão de plástico onde ficaram presas logo depois de nascer. Estes sacos, redes, cordas, garrafas, garrafões, e um longo etecetera são uma armadilha mortal para os animais selvagens.

Não chega limpar as praias, é preciso impedir que os plásticos vão ter ao mar. Vamos virar esta maré.


> Assine esta petição para que a União Europeia invista na conservação dos oceanos


29 de novembro de 2018




Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com