Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

Fevereiro 2020
D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
 
 
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
22
24
25
26
27
 
 
 
 
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Notícias


Lista Vermelha: 1 em cada 8 espécies em risco de extinção na Europa


A Lista Vermelha das Aves, publicada esta semana pela Birdlife International e a UICN e financiada pela Comissão Europeia, revela números preocupantes sobre a conservação de espécies na Europa. Em Portugal são muitas as espécies ameaçadas, destacando-se o painho-de-monteiro, o britango e a águia-imperial. 

Cerca de 13% de 533 espécies na Europa estão sob ameaça valor que sobe para cerca de 18% se considerarmos os 27 países da UE (à data do início do estudo a Croácia ainda não era Estado-membro). Destas, 11 estão Criticamente Ameaçadas. 

Em Portugal, a situação é igualmente crítica estando identificadas 22 espécies que se encontram sob ameaça na União Europeia, destacando-se a pardela-balear (Criticamente em perigo), a freira-da-madeira, o britango e o priolo (Em perigo). Existem outras espécies em Portugal que estão sob clara ameaça. A rola-brava, o zarro, a piadeira, o arrabio, o tordo-zornal e o tordo-ruivo, todas espécies cinegéticas passíveis de serem caças em Portugal. 

Para Luís Costa, diretor-executivo da SPEA, “é chocante o caso das espécies que eram comuns mas que têm vindo a regredir fortemente há vários anos, continuando a ser ignoradas pelos decisores políticos” e lança o apelo para que haja uma suspensão « urgente da sua caça em Portugal”, conclui. 

A conservação em Portugal tem sido também bem sucedida com a recuperação de espécies como a abetarda e o francelho que obtiveram o estatuto, conferido pela União Europeia, de não ameaçadas. 

O responsável considera ainda que “a recuperação destas espécies é um resultado direto dos esforços de conservação realizados, da aplicação das diretivas Aves e Habitats e da implementação do programa LIFE da Comissão Europeia”.

» Conheça a lista vermelha




Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com