Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

D
S
T
Q
Q
S
S
2
3
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
29
30
31
 
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > Participar > Campanhas > Aves Marinhas
imprimir

Aves Marinhas
Porquê proteger as aves marinhas?
As aves marinhas são atualmente o grupo de aves em declínio mais acentuado a nível mundial, sendo que muitas estão já em vias de extinção, como por exemplo 17 das 22 espécies de albatroz. Em Portugal a pardela-balear é uma das espécies afetadas, e também uma das aves marinhas mais ameaçadas da Europa. No entanto este problema tem solução e pode ser travado.


Que medidas já foram tomadas?
Em novembro de 2012, a Comissão Europeia apoiou oficialmente o Plano de Ação para as Aves Marinhas, elaborado pela BirdLife Europa, com o objetivo de reduzir mortalidade deste grupo de aves por captura acessória em artes de pesca. A BirdLife tem lutado por este compromisso desde 2001. Estima-se que desde então tenham morrido desnecessariamente mais de 2 milhões de aves marinhas.


Em que se baseia o plano?
Este plano baseia-se na implementação por parte dos Estado-Membros de medidas de minimização afim de as aves não entrarem em contacto com as artes de pesca, mas também programas de observação e recolha de dados, campanhas de sensibilização, e formação de pescadores.
Em abril de 2013 os Ministros das Pescas dos Estados-Membros discutiram o assunto, mas apenas a Inglaterra manifestou apoio a esta causa.


Os pescadores gostam de “pescar” aves?
As aves marinhas estão entre os nossos indicadores mais visíveis e icónicos da saúde dos oceanos, e a experiência diz-nos que os pescadores responsáveis preferem categoricamente pescar peixes e não aves, se tiverem os meios para o fazer. Um anzol onde vem uma ave marinha, é um anzol onde não vem um peixe, e todos perdem. Este Plano de Ação dá oportunidade aos Estados-Membros de agirem perante esta mortalidade de aves marinhas, tão massiva quanto desnecessária.


O que a SPEA e a BirdLife pretendem?
A SPEA, como parceiro BirdLife para Portugal, aplaude o esforço até agora feito pela EU para travar este problema, mas pede com urgência que se dê o passo em frente, e se adote oficialmente este Plano em Ação. Estamos prontos para, juntamente com as comunidades pesqueiras, o implementar.


O que posso fazer?
Como o mar é de todos, e não é só nosso, ajude-nos a mostrar aos nossos governantes, que algo tem de ser feito, a bem do ecossistema marinho. O mar não é só debaixo de água. Peça aos seus representantes políticos para implementarem o Plano de Ação para as Aves Marinhas em Portugal.









Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com